Custom Bg

Geraldo de Aguiar Cambraia é o responsável pelo início do que é hoje o Caiçaras Country Clube. Sendo um dos mais modernos e bem dirigidos Clubes Recreativos de Minas, Geraldo começou aos poucos e contou com a ajuda de muitos patenses. A história do Caiçaras se instaurou com a compra do terreno com vista panorâmica da cidade, a venda de cotas, construção de duas piscinas, um quiosque para confraternização e uma quadra em que se praticava vôlei, basquete e futebol de salão. Assim o Caiçaras Country Clube foi tomando forma e conquistando a sociedade patense.

Hoje, o Caiçaras é patrimônio da cidade de Patos de Minas. Com imponente infraestrutura, o Clube oferece inúmeras atividades ao associado e aos patenses em geral. Amplas quadras e ginásio poliesportivo, sauna, academia bem equipada, campos com manutenção sempre em dia, piscinas bem cuidadas, salão de jogos em área reservada e aconchegante, estrutura preparada para shows, festas e eventos institucionais e área dedicada às crianças. Tudo para oferecer momentos inesquecíveis e garantir a segurança e satisfação de todos.

O Caiçaras Country Clube está em constante transformação para sempre conceder boas experiências e agradece a todos que fizeram e fazem parte dessa história.

1962/1967 – GERALDO TEIXEIRA DA CUNHA
O primeiro presidente, período sem muitos registros nos arquivos do clube, de consolidação de associados e vendas de quotas para fazer face às despesas inerentes à implantação definitiva do clube. “Teba”, como toda sua família, incluindo a esposa, Dona Estevina, era uma pessoa altamente extrovertida, alegre, brincalhona, sem desconhecidos e dono de uma verve fenomenal para contar piadas e casos pitorescos.

1967/1973 – LAFAIETE COTA PACHECO
O segundo presidente por três mandatos consecutivos dirigiu o Caiçaras Country Clube. À época, um empresário muito bem sucedido, “Seu” Lafaiete dedicou parte do final de sua vida ao Caiçaras. O “Piscinão”, nome dado pelos Diretores à piscina Olímpica, foi a grande contribuição de Lafaiete cota Pacheco para a arrancada de crescimento do Caiçaras.

Momento histórico do Caiçaras

Momento histórico do Caiçaras

1973/1975 – JOÃO BATISTA NOGUEIRA
Deixou registrada sua lucidez com a elaboração do regimento Interno do clube. João criou o calendário festivo, introduzindo as comemorações do carnaval, principalmente para as crianças. Construiu o parquinho infantil, a portaria e arborizou grande parte do clube. Durante seu mandato, João procurou fazer da criança um futuro sócio na juventude ou adolescência…

1975/1977 – PAULO LIMA VERDE
Asfaltou o estacionamento e as ruas internas do clube. Retornou à presidência para o biênio 1979/1981, quando tentou construir uma sauna. Contudo, devido a afazeres particulares não pode concretizar seu desejo, pois, teve de se mudar para Cuiabá, Capital do Mato Grosso, ficando Túlio Lima Verde, seu irmão, que era vice-presidente, em seu cargo. Na administração de ambos, foi feita a primeira etapa de iluminação externa do clube, começando pelo campo de futebol.

1977/1979 – ANTONIO VALÉRIO DE OLIVEIRA
Aumentou a sede social, que era muito pequena. Interessado na expansão da prática esportiva, campeonatos, festas juninas e carnavais.

Competição de Natação

Competição de Natação

1981/1983 – VILDO ANTONIO GOMES
Deu uma nova perspectiva na vida do clube. Construiu o prédio da administração, as salas de reunião, de ginástica e uma sauna. Vildo construiu, também a primeira quadra de tênis.

1983/1985 – ALDERICO RODRIGUES MENDES
Fez uma brilhante administração teve o cuidado de o trabalho bem planejado da diretoria anterior. Alderico ampliou a sede social, azulejou cozinha e sanitários e fez um excelente trabalho de relacionamento com os associados.

1985/1987 – JOÃO BATISTA FERREIRA
Dinâmico, o jovem contabilista ampliou as fronteiras do terreno do clube, comprando vários lotes anexos ao terreno do Caiçaras, João Batista aumentou a área do Caiçaras em quase cinqüenta por cento.

1987/1989 – PAULO RODRIGUES MOREIRA
Deu início às obras no terreno que seu antecessor, João Batista Ferreira, havia adquirido, mandou terraplanar, fez dois campos, mandou elaborar o projeto para o ginásio. Iniciando a construção em seu período administrativo. Introduziu o calendário social, idealizou e realizou o primeiro baile do Havaí, e construiu a segunda quadra de tênis.

Início da construção do Clube em 1962

Início da construção do Clube em 1962

1989/1991 – JOSÉ “CAFÉ” RODRIGUES DE OLIVEIRA
Fez a primeira reforma do Estatuto, conseguindo aumentar o número de sócios proprietários de 1200 para 2000. Introduziu a cota-jóia para o filho de acionista acima de 24 anos e que perdia, ao atingir aquela idade, a sua condição de sócio-dependente, estabeleceu uma cota-embrionária à cota-real que poderia ser adquirida quase que simbolicamente, resolvendo uma situação que ia se tornando embaraçosa para a administração do clube. A sua administração foi um marco de abertura para as administrações seguintes. Zé Café terminou o ginásio esportivo, iniciou o salão de jogos e recapiou o asfalto do clube.

1991/1993 – JAIR CAIXETA
Faleceu muito jovem, o amigo, companheiro e presidente Jair Caixeta, os desígnios de Deus são imperscrutáveis e Jair, deles fazia parte mas nós não sabíamos mas aceitamos a vontade de nosso pai criador. Jair não passou pela terra, apenas. Deixou sua integridade moral; seu humanitarismo, seu companheirismo para o que desse e viesse. Ainda terminou o salão de jogos, mobiliando-o, um anexo ao ginásio, edificou duas quadras de petecas e squash.

1997/1999 – JOSÉ MENDES DE MAGALHÃES
Aumentou o patrimônio do clube consideravelmente, comprou 19 lotes e uma casa anexa ao clube, ampliando a área e possibilitando sua expansão futura. Homem de visão, administração participativa,  Mendes mobiliou a sauna, academia e dinamizou, como nunca, os setores esportivo e social do Caiçaras.

1993/1995–1995/1997–1999/2001 e 2001/2003 – JOÃO MARTIMIANO DE MORAES.
Quarta vez que João Martimiano de Moraes assumiu a presidência do Caiçaras. O na primeira gestão, Martimiano construiu a piscina térmica, o toboágua e o anexo ao bar central. Na administração de 1995 a 1997, João, re-eleito, construiu a sub-estação de energia elétrica, o pavilhão de cultura física e sauna, informatizou a secretaria e a portaria. Retornando à presidência, pela terceira vez, em 1999 até 2001, edificou a cobertura metálica das quadras de vôlei, basquete e futebol de salão, construiu o campo de grama sintética, três quadras de tênis.

2003/2005 – LEONARDO PEREIRA DA SILVA
A preocupação maior da administração do Leonardo foi aumentar as opções de lazer e o conforto do associado, sem descuidar da manutenção do que já existia. Isso exigiu um grande esforço da diretoria e muito investimento financeiro, reformou o Estatuto, conseguindo aumentar o número de sócios proprietários de 2000 para 2500.  Entre tantos objetivos alcançados, destacamos a construção da portaria II e  do Estacionamento II.

2005/2007 – VALMIR CÂNDIDO DA SILVA
O Presidente Valmir adotou um sistema de administração Democrática, buscando a participação e colaboração de todos. Dentre as importantes realizações destacamos o nivelamento das quadras cobertas com ampliação e cobertura, construção de um complexo composto por: Palco para shows, camarins, amplos banheiros, depósitos, alojamentos masculino e feminino e um salão para atividades.

2007/2009 – JOÃO MARIANO DA SILVA
O compromisso do Presidente João Mariano foi buscar a satisfação e o bem-estar de todos, procurou sempre manter o equilíbrio financeiro com total obediência ao Estatuto Social. Nesta gestão, o Caiçaras recebeu uma nova identidade visual, criou o site www.clubecaicaras.com.br e a bandeira do clube. A piscina Olímpica recebeu um belo Mosaico, o clube uma nova iluminação e mapeamento com localização dos ambientes. O Patrimônio do Caiçaras aumentou mais 785m² (aquisição de 2 lotes), foi construído mais um campo de futebol Soçaite e uma quadra de areia com quiosque.

2009/2011 – 2011/2013 – VICENTE DE PAULA AMARAL
Tomou posse no dia 24 de abril de 2009 com a missão de promover a fraternidade, bem-estar, o respeito, a alegria e a solidariedade no Caiçaras Country Clube.

2013/2015 – LAURO BATISTA PEREIRA
Em sua gestão foi inaugurada a nova piscina térmica infantil. Foi disponibilizado o serviço de internet sem fio para os associados. Realizou diversas obras de melhoria em dependências do clube.

2015/2017 – JOÃO MARTIMIANO DE MORAES
Esta é a quinta oportunidade em que João Martimiano de Moraes assume a presidência do Caiçaras.

Como puderam verificar, a construção do Caiçaras não se deve, apenas, ao incorporador, Geraldo Cambraia, nem mesmo ele gostaria que assim tivesse sido. O Caiçaras é , hoje, este patrimônio da cidade de Patos de Minas e de seus associados, graças a todos os homens cujos nomes destacamos. Porém, há muitos nomes que, à luz do anonimato puseram longos momentos de suas vidas, de sua inteligência e de seu amor ao próximo nesta obra que somente benefícios tem trazido à população de Patos de Minas e da região.